Aberta a licitação para reforma e ampliação do Hospital Regional Dr. Leopoldo Bevilacqua

projetofachada

O governo do Estado abriu licitação para as obras de reforma e ampliação do Hospital Regional Dr. Leopoldo Bevilacqua, em Pariquera-Açu. As empresas interessadas na concorrência pública devem adquirir o Edital de acordo com as informações publicadas no  Diário Oficial do Estado de São Paulo (página 126) desta quinta-feira, 30 de janeiro. O encerramento do processo acontece em 7 de março (mais informações no site www.imesp.com.br).

Na mesma página, o Diário Oficial do Estado informa a abertura, também, da concorrência para contratação da empresa que vai elaborar o projeto executivo completo para as obras de construção do Hospital Regional de Registro.

As informações foram bastante comemoradas pelo deputado estadual Samuel Moreira, que tem trabalhado muito pela realização dessas obras. “Temos direcionado nossos esforços para ampliar e melhorar os serviços de saúde em todo o Vale do Ribeira, garantindo a liberação de recursos para compra de veículos para transportes de pacientes, compra de equipamentos, construção de UBS, além das obras do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) e do Centro de Reabilitação Lucy Montoro, que serão inaugurados ainda neste semestre. As obras no Hospital Regional em Pariquera e um novo hospital em Registro contribuirão significativamente para as melhorias pelas quais tanto temos lutado”, afirma o deputado.

As obras, além de representarem um grande avanço nos serviços de saúde, vão gerar emprego, renda e novos investimentos na nossa região. Segundo projeto dos técnicos da Secretaria de Estado da Saúde o novo prédio terá 5 pavimentos e será interligado ao já existente, e terá um investimento inicial previsto de aproximadamente R$ 30 milhões.

O novo edifício terá 91 leitos, de acordo com o projeto inicial, que serão adicionados à capacidade atual que tem mais de 230 leitos. Destes 91 novos, destaque para 2 pavimentos que abrigarão 30 leitos de internação cada. Os leitos de UTI Adulto passarão a ser em número de 20, já que atualmente são 9; também dentro deste total está inclusa uma UTI Pediátrica de 10 leitos.