Assinada ordem de serviço para início das obras do AME Vale do Ribeira

Na manhã desta quarta-feira, 31 de março, em Pariquera-Açu, a superintendente do Consaúde, Maria Cármen Amarante Botelho, e o diretor da construtora Simétrica Engenharia Ltda., Sérgio Watanabe, assinaram a ordem de serviço, o contrato e o documento do Tribunal de Contas, para construção do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) e a unidade da Rede de Reabilitação “Lucy Montoro”. O investimento do governo do Estado é de cerca de R$ 8 milhões. O prefeito Zildo Wach, de Pariquera-Açu, assinou como testemunha.
“Este é um dia muito especial para todos nós”, afirmou Maria Cármen, ressaltando o empenho dos deputados Samuel Moreira (estadual) e Arnaldo Madeira (federal), do governador José Serra e do secretário da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata para que o AME e a Rede “Lucy Montoro” se concretizassem na região. Maria Cármen também agradeceu o apoio da Dra. Aparecida Teruko, coordenadora estadual dos AMEs, e do Dr. Kenji Yamamoto, assessor da Secretaria de Saúde.
Na mesma linha, o prefeito Zildo Wach disse que as duas obras serão um marco histórico na saúde pública no Vale do Ribeira. “O governador José Serra vai deixar a sua marca para toda a vida em nossa região”, afirmou o prefeito, lembrando o trabalho da superintendente Maria Cármen e do deputado Samuel Moreira. Wach também ressaltou o aquecimento no mercado de trabalho proporcionado pela construção e, posteriormente, para funcionamento das duas unidades.
Sérgio Watanabe, por sua vez, informou que a Simétrica Engenharia, vencedora da licitação, tem larga experiência em construção na área hospitalar. “Espero que a gente possa trazer para Pariquera-Açu essa experiência que temos”, disse ele, parabenizando o trabalho do Consaúde, cuja estrutura permite conveniar obra do porte do AME e Rede “Lucy Montoro”. As obras devem ser concluídas em dez meses e vão gerar, no pico, 200 empregos diretos e Sérgio Watanabe tem expectativa de preencher 80% das vagas na própria região.
O terreno para construção das duas unidades, com 12 mil metros quadrados, fica em frente ao Hospital Regional Vale do Ribeira (HRVR). O AME e a Rede Lucy Montoro, que terão prédios independentes mas anexos, terão 4,4 mil metros quadrados de área construída. O AME terá 22 especialidades e realizará mensalmente doze mil consultas, incluindo acupuntura. “Nesse momento, o AME vai preencher o vácuo que temos nas áreas de exame e diagnóstico”, informou Maria Cármen. Em função das características sócio-econômicas da região, a Rede “Lucy Montoro” terá unidade para hospedagem durante o tratamento das pessoas que moram em municípios distantes de Pariquera-Açu.
Diretores do Consaúde, funcionários da construtora e engenheiros responsáveis pelo projeto técnico também participaram da breve cerimônia de assinatura do contrato.