Comunicado Hospital Regional Jorge Rossmann

comunicado_imprensa

O CONSAÚDE participou de audiência junto ao Ministério Público do Trabalho do município de Sorocaba com o SINDSAÚDE, SIMESP, INSTUTUTO SÓCRATES GUANAES (ISG), SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE (SES-SP), dentre outros assuntos, foi proposta a possibilidade de afastamento do trabalhador do Consórcio lotado no Hospital Regional Jorge Rossmann, sem remuneração, pelo período de 01(um) ano, daqueles que assim o desejassem, desde que ocorresse a anuência da SES-SP a ser manifestado no prazo de 48 horas.

Na última segunda-feira (26), a SES-SP oficialmente manifestou posição negativa quanto à anuência, ficando prejudicado o acordo, conforme condicionado perante o Ministério Público do Trabalho.

Em razão do cumprimento da vigência dos demais termos do Acordo firmado perante o Ministério Público de Sorocaba, o empregado do CONSAÚDE que exerce função no HRJR será realocado para o Hospital Regional Dr. Leopoldo Bevilacqua, de Pariquera-Açu, devendo comparecer na nova unidade de serviço no dia 3 de julho de 2017; uma equipe de Recursos Humanos está nesta semana (23 a 30 de junho) no HRJR, para orientações e medidas de cunho administrativo/funcional.

Por sua vez, o CONSAÚDE foi informado na reunião de transição da transferência de gestão do HRJR, realizada no último dia 27 de junho de 2017, na SES-SP, junto com os respectivos representantes desta pasta e também com a nova entidade gestora, ISG, que dos 407 empregados do Consórcio que estão lotados na referida unidade do HRJR, 318 empregados assinaram termo de adesão para fins de contratação para trabalhar junto à nova entidade gestora do HRJR, Instituto Sócrates Guanaes (ISG) com entrega dos respectivos documentos, além de 50 outros empregados médicos do Consórcio já estarem em processo de negociação com a respectiva unidade.