CONSAÚDE apresenta oficialmente o projeto do novo Hospital para prefeitura de Itanhaém

Após meses de elaboração por parte do Estado e CONSAÚDE foi realizada, dia 9 de novembro, a apresentação oficial do projeto do novo Hospital Regional de Itanhaém, para a prefeitura municipal de Itanhaém, parceira da construção da unidade.

O Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ribeira, juntamente com a Secretaria de Estado da Saúde do Estado de São Paulo (SES), trabalhou no projeto para ampliação da unidade. A obra custará aproximadamente R$ 36 milhões e será financiado totalmente com recursos estaduais e gerenciado pelo Consórcio. A estimativa para compra de equipamentos é de R$ 16 milhões.

Na apresentação do projeto foi revelado o dimensionamento e o esboço arquitetônico da distribuição dos seus setores e atividades. No mês de agosto o governador Geraldo Alckmin anunciou a liberação na ordem de 1,3 milhão para a desapropriação da área ao lado do Hospital visando a construção do novo edifício. Com a ampliação, o Hospital Regional, que atualmente dispõe de 94 leitos, passará a ter 240. Entre 20 de UTI Adulto, 10 de UTI Neo, 10 pediátricos e 10 de semi-intensivo.

Segundo o prefeito João  Carlos Forssel agora é o momento dos projetos partirem para a licitação e definir a situação do terreno onde será construída a estrutura, além de destacar o bom momento da chegada do novo hospital com o CONSAÚDE, conjuntamente com o crescimento do município. “Ficamos contentes inclusive com a noticia do número total de leitos ser de 240, pois já estávamos felizes com os 140 anteriormente anunciados. Com 70% dos atendimentos feitos para nossa população, isso acaba vindo ao encontro com os novos investimentos do pré-sal em nosso município.”

A nova estrutura será uma edificação moderna de sete (7) pavimentos e 10.283,49 m² – totalmente integrada ao prédio atual. Com isso, o novo HRI terá uma ampliação de 155% dos leitos e seguirá atendendo toda a região, além de conter um heliponto para transporte de pacientes em extrema urgência. O número de empregos diretos passará dos atuais 400 para 700. O projeto também prevê que a internação será de dois (2) leitos por quarto com banheiro, o que proporcionará maior conforto e privacidade aos pacientes, seguindo os conceitos de humanização por parte do Ministério da Saúde.

Para a superintendente do CONSAÚDE, Maria Cármen, a conclusão do projeto e sua apresentação para a prefeitura é um grande passo para a melhoria da saúde na região. “Podemos considerar o dia de hoje como um divisor de águas no setor de saúde regional. Com a conclusão do projeto podemos ter a certeza do comprometimento de todos com o bom funcionamento da unidade e de que no futuro melhores serviços serão realmente oferecidos para a população.”

De acordo com o cronograma, com os projetos concluídos são 60 dias para que a obra seja licitada. A previsão é que o hospital novo esteja pronto até o final de 2015. Após a construção, toda a estrutura atual passará por reformas.

O HRI/CONSAÚDE trabalha no sistema de portas fechadas e por referência a partir da DRS de Santos, com exceção para parturientes – resultando em grande resolutividade. A unidade destaca-se pelo atendimento relacionado ao parto humanizado e no setor de traumato-ortopedia.

Na apresentação estiveram presentes o prefeito João Carlos Forssell, o Secretário de Administração, Douglas Luiz Rodriguês, o Secretário de Governo Sílvio Lousada, a Secretária de Saúde, Josiane Arrivabene, a Secretária Adjunta de Saúde, Maria Aparecida da Silva, e o coordenador do SAMU 192, Amir Mahmoud Bahmad. Representando o CONSAÚDE, a diretora superintendente, Maria Cármen Amarante Botelho, a diretora de Planejamento, Bianca Sant’ana, o diretor técnico do HRI, João Henrique Tergolino,  e o diretor de serviços administrativos do HRI, José Antônio Antosczezen.