CONSAÚDE levará demandas do HRVR/CONSAÚDE ao governador Geraldo Alckmin

Preocupado com a área de saúde pública e o atendimento ao SUS no Vale do Ribeira e Litoral Sul, o CONSAÚDE (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ribeira), através de seu presidente e prefeito de Apiaí, Emílson Couras da Silva, realizou reunião, dia 23 de março, juntamente com a Diretora Superintendente, Maria Cármen Amarante, e os diretores técnico e clínico do Hospital Regional Vale do Ribeira (HRVR/CONSAÚDE), respectivamente, Roberto Tavares Villanova e Fredy Paredes para definir algumas pautas ao governador do Estado em sua visita à região nos próximos dias 8 e 9 de abril.

Na ocasião, os presentes elegeram algumas necessidades urgentes do Hospital, entre elas: a ampliação dos leitos de UTI Adulto de 9 (nove) para 20, somados a 10 novos leitos de Unidade Semi-Intensiva, ampliação de 100 leitos adulto (com enfermarias de 2 leitos cada por enfermaria e banheiro), destinados à demanda cirúrgica e mais 4 (quatro) leitos de isolamento – considerando a inexistência desses na região. Além disso, conseqüentemente, mas não menos importantes, a construção da Central de Material Esterilizado, da nova Cozinha (Seção de Nutrição e Dietética) e 6 (seis) novas ambulâncias para transporte interhospitalar e suporte básico de vida.

A Diretora Superintendente, Maria Cármen Amarante Botelho, chamou atenção de que as solicitações irão beneficiar todos os municípios consorciados, além de auxiliarem na absorção da demanda cada vez mais crescente do Vale do Ribeira, principalmente com a chegada do AME (Ambulatório Médico de Especialidades). “Atualmente, está em construção o Ambulatório Médico de Especialidades Vale do Ribeira e a Rede de Reabilitação Lucy Montoro, próximo ao Hospital. Com início das atividades desse novo empreendimento, a expectativa é aumentar consideravelmente a demanda de cirurgias – o que a estrutura atual não estaria capacitada a atender.” afirmou.

O presidente do Consórcio aproveitou ainda para visitar as instalações da unidade, referência na região, que atende pacientes de 26 municípios, além das urgências/emergências provenientes da rodovia Régis Bittencourt.