CONSAÚDE participa de evento em Brasília/DF

Diretora Superintendente Maria Cármen Amarante Botelho foi eleita para representar mais de 400 gestores de Saúde durante evento com Ministro da Saúde

Representantes de instituições de Saúde de todo o país estiveram presentes no encerramento de um curso de aprimoramento do Ministério da Saúde, entre os dias 11 a13 de setembro, em Brasília, no Distrito Federal.

Sob o tema ‘Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde (Cegest)’, representantes do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ribeira estiveram também presentes no evento que finalizou o curso de seis (6) meses, sob a orientação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

O CONSAÚDE foi representado por integrantes de sua diretoria: Maria Cármen Amarante, Diretora Superintendente, Christianne Andriello, Diretora Administrativa Financeira, Amélia Godke, Procuradora Jurídica, e Bianca Sant’Ana, Diretora de Planejamento.

A atualização para gestores de saúde é resultante de uma parceria entre a UFMG/Faculdade de Medicina de MG, Ministério da Saúde e Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e seu objetivo faz parte de uma das estratégias para a implantação das Diretrizes da Política Nacional de Promoção da Saúde do Trabalhador do SUS.

Durante a cerimônia de encerramento, a Diretora Superintendente do CONSAÚDE, Maria Cármen Amarante Botelho, foi eleita entre todos os mais de 400 gestores presentes como representante e convidada a fazer parte da mesa durante a ocasião, ao lado do Ministro da Saúde, Alexandre Padilha.  Estiveram presentes também o Secretário das Relações de Trabalho, Sérgio Eduardo Mendonça, o Prof. Fernando Menezes, Secretário Adjunto de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, o Dr. José Enio, Presidente do Conasems, a Sra. Denise Mota Dau, Diretora do Degerts, a Profª. Dra. Ada Ávila Coordenadora da UFMG, e a Profª. Dra. Adriane Medeiros, tutora da turma do Consaúde.

Segundo a diretora superintendente, Maria Cármen Amarante Botelho, a atualização de gestores de saúde provenientes de todo o Brasil e sob acompanhamento do Ministério da Saúde mostra como o órgão vem se preocupando com as políticas do Sistema Único de Saúde. Um dos temas mais relevantes discutidos no encontro foi o fortalecimento da comunicação e dos diálogos entre gestores e colaboradores, a Mesa Permanente de Negociação e em especial a “desprecarização dos vínculos trabalhistas”.

Destaque para o debate referente as condições de trabalho em todo o Brasil, e o alto índice de absenteísmo dos trabalhadores da saúde – tema que tem se tornado uma constante em todos os serviços de saúde. “Precisamos de trabalhadores conscientes e motivados para promover as melhorias das condições de trabalho e a consequente qualidade da atenção à saúde aos quase 100 milhões de pessoas que dependem do SUS, e mais de 3 milhões de trabalhadores do SUS – o que representa 4,3% da população brasileira,” chamou atenção Maria Cármen A. Botelho.

Na oportunidade a Superintendente solicitou ao Ministro da Saúde, que forneça o apoio necessário às instituições para colocar os projetos, do curso de atualização, em prática, além de destacar o grande desafio de ‘transformar as Diretrizes da Política Nacional de promoção da saúde dos Trabalhadores da Saúde em Ações concretas, em cada região, com suas peculiaridades e suas possibilidades, além de garantir novos e constantes cursos de atualização para novos trabalhadores e gestores.

O Ministro assumiu o compromisso, junto a superintendente, em realizar uma visita ao Hospital Regional, em Pariquera-Açu, e conhecer em detalhes os serviços prestados pela unidade no Vale do Ribeira.