Consaúde realiza reunião em Cajati e anuncia proposta de implantação do CAISM Regional

IMG_3259

O Consaúde – Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ribeira e Litoral Sul, realizou reunião na sexta, dia 26, em mais uma etapa do Diálogo Regional. O encontro reuniu prefeitos e lideranças das cidades de Barra do Turvo, Cajati, Cananéia, Eldorado, Jacupiranga e Pariquera-Açu. A reunião aconteceu na sede do Departamento Municipal de Educação de Cajati. Na ocasião, foi apresentada a proposta de implantação do CAISM Regional – Centro de Atenção Integrada em Saúde Mental.

Na reunião, estiveram presentes o prefeito de Itanhaém e presidente do Consaúde Marco Aurélio Gomes, o diretor superintendente José Antonio Antosczezem e o procurador jurídico Adilson Guimarães, o prefeito de Cajati Luiz Koga e a diretora de saúde Jaqueline Camargo Soares, o secretário de saúde de Itanhaém Alder Ferreira Valadão, o diretor do departamento de saúde de Pariquera-Açu Willian Rodrigo de Souza, o prefeito de Jacupiranga José Cândido Macedo Filho e o diretor do departamento de saúde Rodrigo Cordeiro de Souza e o diretor de saúde de Cananéia Luiz Fabiano da Silva Pereira.

Um dos assuntos debatidos foi a operacionalização da Unidade de Resíduos de Saúde do Consaúde, por meio de ata de registro de preços, a qual os municípios consorciados poderão aderir. A publicação do processo nº058/2015 deve ocorrer emjulho, prevendo que a empresa vencedora será a que ofertar menor preço para o tratamento e destinação do lixo hospitalar e menor preço por quilômetro rodado, para os casos em que as prefeituras integrantes do Consaúde queiram assinar contrato com a vencedora, para tratamento de seus resíduos hospitalares nas dependências da Unidade de Tratamento do Consórcio, em Pariquera-Açu.

Dentro da pauta da reunião, as lideranças foram informadas sobre o andamento das obras de ampliação do Hospital Regional Dr. Leopoldo Bevilacqua. A partir de 1º de julho, a área onde será construído o novo bloco do HRLB já estará liberada para início das demolições e obras de ampliação. O novo bloco terá 60 leitos de internação, 20 leitos de UTI adulto, 10 leitos semi-intensivo, 18 leitos de observação, em um total de 108 leitos. A infraestrutura contempla cinco pavimentos, cinco salas cirúrgicas, pronto socorro, serviço de nutrição e dietética, entre outras especialidades.

Para viabilizar o início das obras, houve a necessidade de ampliação de 298m² e reforma da estrutura do atual Ambulatório de Cardiologia para abrigar os demais ambulatórios da unidade, concentrando as mais diversas especialidades médicas em um único local. A obra foi realizada graças à iniciativa do Consaúde. Os ambulatórios passaram a funcionar no novo espaço em 29 de junho, bem como o Serviço de Hemodiálise, que ganhou nova estrutura. Os recursos são da Secretaria de Estado da Saúde, SES-SP.

 

CAISM Regional

O Vale do Ribeira, em especial a região de 15 municípios da área de abrangência da DRS XII (Regional de Saúde), possui uma população aproximada de 250 mil habitantes. O Consaúde constatou a necessidade de uma atenção em saúde mental, uma vez que em toda a região há apenas um Centro Ambulatorial Regional, em Registro, o qual oferece um baixo número de vagas de ambulatório de saúde mental para uma demanda tão grande. Isto representa um acompanhamento deficiente para pacientes que sofrem de transtornos mentais.

Da região, apenas três cidades possuem unidades do CAPS I (Centro de Atenção Psicossocial), que são Cajati, Registro e Iguape. Os pronto-socorros não estão preparados para estabilizar pacientes em surto e os casos mais graves não contam com um serviço de referência em internação.

Observando a demanda e as carências da região, o Consaúde propôs aos prefeitos a implantação de um CAISM Regional – Centro de Atenção Integrada em Saúde Mental. O CAISM tem o objetivo de oferecer atenção médica e multiprofissional em saúde mental a pacientes graves e em situação de crise, oferecendo internação em enfermaria de curta permanência, assistência em hospital-dia ou estabilização em setor de emergências psiquiátricas. Tudo isso sem contar o acompanhamento ambulatorial de pacientes estáveis. A infraestrutura deve contar ainda com vinte leitos divididos em enfermarias, sendo, além de tudo, um apoio na reinserção social dos pacientes.

Com a aprovação dos prefeitos, o Consaúde deve iniciar uma discussão com a SES-SP, juntamente com a DRS XII, para que a implantação do CAISM seja uma realidade no Vale do Ribeira.De acordo com o presidente do Consaúde e prefeito de Itanhaém Marco Aurélio Gomes, “o caminho é o fortalecimento político da região para apresentar a demanda e buscar apoio do Governo do Estado. Assim, poderemos melhorar o atendimento em saúde na nossa região”, finalizou o presidente do Consórcio.