Consaúde recebeu representantes do Coren e do SAE

Regional- A importância da Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) foi abordada pela enfermeira Miriam Almeida Andrade, do Núcleo de Educação Continuada do Hospital Guilherme Álvaro, de Santos. Segundo ela, um trabalho executado de forma sistemática faz toda a diferença em um hospital: “Significa um trabalho organizado, planejado e científico”, explicou.
Miriam também abordou o protagonismo do cliente. “Se ele não estiver lá, eu não tenho sentido. Ele é o centro de tudo. O nosso cliente tem necessidades humanas básicas e precisa de um padrão de respostas humanas. É preciso enxergar além do que este sujeito está falando em seu silêncio, na sua hipertensão. Precisamos voltar nossos cuidados ao tocar, ao ouvir, ao ver”, explicou.
Também Tatiana Cristina G. F. de Almeida, do Conselho Regional de Enfermagem (Coren) abordou a Ética e Humanização no Exercício Profissional. Ela defendeu mudanças de atitudes para valorizar à profissão, dar-lhe maior visibilidade e senso de liderança. Para ela, “Cuidar não é só saber. É Ser. São Atitudes”.