Conselho de Prefeitos reelege por unanimidade diretora superintendente do CONSAÚDE

O trabalho da diretora superintendente do CONSAÚDE, Maria Cármen Amarante Botelho, foi reconhecido por unanimidade pelo conselho de prefeitos do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ribeira, em reunião realizada na manhã desta terça-feira, 20 de setembro, no auditório do CONSAÚDE. A superintendente cumpre mandato de dois anos quando, então, é avaliada pelos prefeitos que podem ou não mantê-la no cargo, que ocupa há dez anos.

Em breve discurso após a reunião dos prefeitos, que ocorreu sem a presença da superintendente e de diretores da instituição, Maria Cármen agradeceu o apoio dos prefeitos, diretores e chefes do CONSAÚDE e a parceria com o Departamento Regional de Saúde (DRS), da Secretaria da Saúde (SES). “Quero agradecer especialmente ao deputado estadual Samuel Moreira, cuja parceria tem sido fundamental, desde a criação do CONSAÚDE até o apoio político que tem fornecido ao Consórcio e o trabalho que ele tem feito para o Vale do Ribeira”, revelou a superintendente.

“A instituição está crescendo e precisamos continuar com o apoio de todos vocês. A gente não consegue fazer tudo que gostaria, no ritmo que gostaria, mas a gente não desiste do compromisso de melhorar cada vez mais a saúde pública no Vale do Ribeira e nas demais regiões”, finalizou Maria Cármen.

Durante a reunião também foram discutidos vários assuntos de interesse do Consórcio. Uma das questões foi o acordo com o Sindsaúde para auxílio pecuniário aos funcionários com abrangência em três faixas salariais enquanto segue a negociação com a Secretaria da Saúde para concessão de reajuste nas mesmas bases que o governo do Estado concedeu. “Contemplamos, com esse auxílio pecuniário, com maior faixa os que ganham menos. Reconhecemos que o pleito do Sindsaúde é legítimo e precisamos do apoio dos senhores para viabilizarmos o reajuste”, afirmou a superintendente.

Outro assunto da pauta foi a necessidade de concurso para contratação de novos profissionais – técnicos em Raio X, Psiquiatras e Urologistas para o Hospital Regional, além de obstetras para o Hospital Regional de Itanhaém. A superintendente do Consaúde lembrou ainda que o concurso para contratação de funcionários para o Ambulatório Médico de Especialidades (AME) deverá ser aberto até o final deste ano para estar homologado em 15 de junho do próximo ano, garantindo o funcionamento da unidade.

Na oportunidade, a diretora do CEFORH/CONSAÚDE, Ruth Gouvêa, foi parabenizada pelos 40 anos no ensino técnico na região promovidos pela instituição e pela homenagem recebida diretamente das mãos do então ministro da saúde, Alexandre Padilha.

A secretária de saúde de Itanhaém, Jociane Maria C. Arrivabene, pediu a palavra ao final da reunião para agradecer o empenho dos prefeitos e do Consórcio em prol da saúde das cidades do Litoral Sul (Itanhaém, Mongaguá e Peruíbe). “Gostaria de congratular a todos os presentes pelo trabalho junto à secretaria de saúde de nosso município, lembrar nossas discussões e demandas, mas frisar que todos do Vale podem contar conosco.”

Um dos destaques ao final do Conselho de Prefeitos foi o compromisso assumido por todos em relação ao futuro do Hospital de Apiaí, que necessita dos repasses municipais para manter a gestão regular da unidade. Além da apresentação da nova Diretora Técnica da unidade do Alto Vale.

Participaram da reunião os prefeitos Barra do Chapéu (Eduardo Fillietaz), Ilha Comprida (Décio Ventura), Apiaí (Emilson Couras da Silva), Jacupiranga (Jessé), Cajati (Luiz Koga), Eldorado (Donizete de Oliveira), Pedro de Toledo (Sérgio Miyashiro), Pariquera-Açu (Zildo Wach), Sete Barras (Nilce Miyashita), Itaóca (Aluízio Gonzaga Dias Sobrinho), Iguape (Elizabeth Negrão), Ribeira (Gidione Macedo), Juquiá (Merce Hojeije) e Cananéia (Adriano Dias), além de Mário Sérgio Matsumoto, assessor do deputado Samuel Moreira.

Os prefeitos de Miracatu (Déa Moreira), Itariri (Dinamérico Peroni), Itanhaém (João Carlos Forsell), Mongaguá (Paulo Wiazowski) e Tapiraí (Alvino Marzeuski) enviaram representantes.

HRI terá investimento superior a R$ 55 milhões

Os presentes à reunião dos prefeitos dessa terça-feira puderam conhecer as plantas arquitetônicas do futuro prédio do Hospital Regional de Itanhaém (HRI/CONSAÚDE) que receberá investimentos do governo do estado superiores a R$ 55 milhões, incluindo equipamentos. A capacidade de atendimento da unidade dobrará, passando de 71 para 150 leitos e de vinte leitos complementares (UTIs) subirá para 90.