Equipe Multidisciplinar de Terapia Nutricional do HRVR ministra palestra sobre Projeto ACERTO

A intenção é implantar o sistema na unidade, já que o mesmo possibilita a redução da taxa de complicações em até 50% e acelerar a recuperação no pós-operatório em 30% 

Aproximadamente 70 pessoas, sendo a absoluta maioria constituída de profissionais dos diversos setores do Hospital Regional Vale do Ribeira, participaram, dia 18 de abril, em Pariquera-Açu/SP, de palestra oferecida pela equipe Multidisciplinar de Terapia Nutricional da unidade, com o objetivo de trazer ao conhecimento dos presentes do que se trata o Projeto.

No mês passado integrantes da equipe participaram de evento referente ao Projeto, em Cuiabá, no estado de Mato Grosso, onde puderam aprender mais sobre o mesmo e tornarem-se multiplicadores da iniciativa que tem como grande vantagem a redução do tempo de recuperação em 30% e diminuir a taxa de complicação em até 50%, para os pacientes.

Entre as medidas práticas a serem adotadas e que fazem parte do protocolo do Projeto ACERTO estão: ação de uma auditoria eficiente para coleta de dados e apresentá-los para cada equipe disciplinar, abreviação de jejum, realimentação precoce, uso racional de antibióticos, uso de analgesia no pós operatório, prevenção de náuseas e vômitos, videocirurgias, restrição de sondas, evitar drenos e cateteres e outras inúmeras variáveis, que podem ser benéficas se bem orientadas junto aos pacientes e profissionais.

De acordo com o site do projeto, o ‘ACERTO (ACEleração da Recuperação TOtal Pós-operatória) é um programa que visa acelerar a recuperação pós-operatória de pacientes. Baseado em programa europeu já existente (ERAS – Enhanced Recovery After Surgery) e fundamentado no paradigma da medicina baseada em evidências, o projeto ACERTO é antes de tudo um programa educativo.’

“O objetivo da palestra é trazer ao conhecimento de todos sobre o que é o Projeto ACERTO, cujo objetivo é a redução de mortalidade e incidência de complicações no paciente cirúrgico. Necessitamos com este conhecimento fornecer toda a instrução para a instituição, pois trata-se de um projeto multidisciplinar e de eficácia comprovada,” afirmou o cirurgião e palestrante Leandro Stoll.

Vantagens e Custos

A iniciativa é pioneira na região, sem contar que não traz ônus em relação ao aspecto financeiro à instituição de saúde. Pelo contrário, proporciona vantagens como a redução de custos, pois torna a recuperação mais rápida e reduz o período de internação hospitalar.

Outra integrante da equipe desde o início do projeto, a Chefe do setor de Farmácia do HRVR/CONSAÚDE, Flavia Rascado, esclarece que o próximo passo será a realização de reuniões com cada uma das equipes médicas e técnicas da unidade visando a conscientização e padronização no uso das novas medidas práticas.

Entre os presentes na palestra, diretores do Consórcio e da unidade hospitalar, além de chefias dos diversos setores de enfermagem, nutrição, farmácia, médicos, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem, psicólogos, fisioterapeutas e estagiários.

Em resumo, trata-se de um protocolo para trazer um melhor cuidado ao paciente cirúrgico do CONSAÚDE, mais precisamente do SUS,  além de ser uma nova forma de fazer medicina com qualidade e humanização.