Hospital Regional Jorge Rossmann organiza atendimento na recepção

senhas

Usuários passam por triagem e recebem senhas, aguardando o atendimento com mais tranquilidade. Para funcionários, é mais agilidade no serviço prestado.

 

O atendimento da recepção do Hospital Regional Jorge Rossmann, de Itanhaém, tem novidades. Há duas semanas foi implantado o inovador Sistema de Gerenciamento do Atendimento, um serviço informatizado que visa agilizar e organizar o serviço na recepção do Hospital, que é administrado pelo Consaúde – Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ribeira e Litoral Sul.

 

O sistema ainda está em fase de adaptação e treinamento dos funcionários, mas a mudança é visível. “Dá mais tranqüilidade ao usuário, pois ele primeiro passa por uma triagem, recebe uma senha e aguarda o atendimento na própria sala da recepção”, afirmou o técnico em informática do Consaúde André Renato Bergamo, responsável pela implantação.

 

O Sistema de Gerenciamento do Atendimento surgiu da ideia de se investir na qualidade de assistência, bem como para facilitar os relatórios de atendimentos realizados. Assim que chega na recepção, o usuário relata sua necessidade, recebe uma senha e aguarda o atendimento no ambiente de espera. Assim, atendimentos prioritários são feitos com mais rapidez. É um ganho para pacientes e também para os funcionários.

 

O Hospital Regional Jorge Rossmann atende pacientes dos municípios da microrregião de Mongaguá, Itanhaém, Peruíbe, Pedro de Toledo, Itariri e demais cidades da Baixada Santista. Os pacientes são encaminhados pela Central Reguladora de Vagas do Departamento Regional de Saúde IV (DRSIV) e do Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (CROSS), mediante disponibilidade de vagas e através da solicitação de diversas unidades de saúde da microrregião. Já a maternidade do Hospital recebe gestantes de toda a microrregião, por livre demanda ou através das centrais reguladoras, em diversas situações clínicas vinculadas a gestação. Com a emissão das senhas, os funcionários detectam as prioridades e os usuários são atendidos com mais qualidade, de acordo com a urgência de cada caso. “Da necessidade, veio a solução. Organizou muito o trabalho e para quem espera, o serviço trouxe mais tranquilidade. Cada vez mais, esperamos aprimorar o serviço e satisfazer as necessidades de funcionários e pacientes”, finalizou Bergamo.