HRVR/CONSAÚDE e Sabesp firmam contrato pioneiro na região

O Hospital Regional do Vale do Ribeira (HRVR/Consaúde) tornou-se essa semana a primeira instituição da região a adotar o Programa de Uso Racional de Água (PURA) da Sabesp, que visa a redução do gasto de água por meio de ações como detecção e reparo de vazamentos, troca de equipamentos convencionais por economizadores, estudos para reaproveitamento do produto e palestras educativas aos funcionários.

Além de economizar recursos financeiros e água, com reflexo direto no meio ambiente, o HRVR terá como vantagem um desconto de 25% na conta da Sabesp. O contrato de tarifação especial para entidade pública e adoção do PURA foi assinado na terça-feira, 29 de março, pelo presidente do Consaúde, Emílson Couras da Silva, a diretora superintendente do Consórcio, Maria Cármen Amarante Botelho, e o superintendente Regional da Sabesp, Irineu Yamashiro.

“Nada mais importante e simbólico do que começar o PURA no Vale do Ribeira a partir do Hospital Regional, uma das principais instituições da região, que atende a população de 26 municípios e também as pessoas em trânsito na Rodovia Regis Bittencourt”, afirmou o superintendente da Sabesp. “Além de gerar economia financeira, estaremos cuidando do meio ambiente, pois reduzir o consumo de água significa também diminuir a geração de esgoto e o gasto de energia elétrica”, explicou Yamashiro.

Unidade hospitalar de referência no Vale do Ribeira, o Hospital Regional, localizado em Pariquera-Açu/SP, consome em média 7 milhões e 200 mil litros de água por mês. Só na lavanderia, são gastos 80 mil litros de água por dia, usados para lavar nada menos que mil quilos de roupas. A conta de água e esgoto fica em torno de R$ 110 mil por mês. Mas com a tarifa especial, que passará a vigorar em abril, o hospital economizará R$ 27,5 mil, que, ao final de um ano, poderão significar uma poupança de R$ 330 mil.

“No início, o que for economizado na conta será aplicado na compra dos materiais necessários à redução de consumo, que vão nos permitir economizar ainda mais”, disse o presidente do CONSAÚDE e prefeito de Apiaí, Emílson Couras da Silva. Segundo a superintendente do Consórcio, Maria Carmen Amarante Botelho, a meta é diminuir o consumo mensal em 25%. “Somando com o desconto na tarifa, a conta poderá cair pela metade”, calculou.

De acordo com a gestora Comercial da Sabesp no Vale do Ribeira, Cristina Mendes, o PURA prevê prazo de três meses para a implantação de um plano de trabalho que contemple mudanças físicas, como troca de equipamentos e consertos de vazamentos, e culturais, através da conscientização dos usuários, com acompanhamento estreito da equipe da Companhia.

Assessorias de Imprensa Sabesp e CONSAÚDE