HRVR/CONSAÚDE realiza obras de readequação na recepção da Maternidade

Ao buscar excelência no acolhimento e um perfeito contato com pacientes e seus familiares que todos os dias circulam na maior unidade hospitalar do Vale do Ribeira, o Hospital Regional, localizado em Pariquera-Açu/SP, o CONSAÚDE, instituição que gerência o HRVR, implementa novidades em diversos setores para melhorar ainda mais o atendimento e o contato com o público.

Atualmente, além das obras da nova lavanderia, estão em andamento as obras de readequação da recepção da Maternidade, considerada a maior existente no Vale do Ribeira, com uma média de nascimentos. A média mensal de partos realizados em 2010 foi de 151. Já de janeiro a abril de 2011, a média mensal de partos subiu para 175. Se este aumento na média de nascimentos se manter até o fim do ano, teremos um aumento de aproximadamente 14%.

Segundo o Diretor de Serviços Administrativos da unidade, Carlos Augusto da Silva, a reforma se baseia em uma pequena modificação da recepção da maternidade, tanto na estética do local quanto no espaço para movimentação. “Esta pequena reforma será para readequar o espaço disponível com a necessidade de maior proximidade com os pacientes e seus acompanhantes,” confirmou o diretor.

Desde a mudança na tonalidade da cor nas paredes, com o uso de cores mais leves ao olhar dos passantes, e o rebaixamento na altura dos balcões de atendimento, tornando o contato menos indireto ao usuário do HRVR/CONSAÚDE, tudo foi pensado para o conforto do paciente.
Humanizar não é somente tornar uma recepção ou sala de acolhimento atraente e confortável, mas sim fornecer um serviço de qualidade, com pediatras 24hs por dia, em todos os dias da semana, pode-se dizer que humanização é uma soma de qualidade técnica de atendimento com o serviço de hotelaria hospitalar eficiente. Em muitas ocasiões, o atendimento as parturientes na região foi feita exclusivamente no HRVR/CONSAÚDE.

Para se ter um exemplo, um parto normal requer 40 semanas para uma boa gestação. Já partos com menos de 36 semanas, considerados de risco, são todos encaminhados ao Hospital Regional devido a presença de uma UTI Neonatal na unidade, tornando-o também a única referência em partos de alto risco do Vale do Ribeira.

Para a Ouvidora do CONSAÚDE, Rosemeire Medeiros, a intenção da melhoria é possibilitar um contato ‘olho no olho’ cada vez mais eficiente com quem procura o atendimento. “Por sermos a unidade de referência de todo o Vale do Ribeira, necessitamos atender nosso usuário agregando tanto a qualidade do serviço na questão técnica, assim como no acolhimento dessas mães e acompanhantes, que muitas vezes estão vivendo uma gravidez de risco. A readequação foi uma necessidade de termos um contato ‘olho no olho’ e ainda mais proximidade com quem procura o atendimento.”

Segundo Medeiros, após a maternidade, será a vez do pronto atendimento e do pronto socorro passarem por novas benfeitorias em relação ao atendimento aos seus usuários visando este atendimento de qualidade.

As obras de reforma na recepção da maternidade são implementadas e realizadas peal equipe de Manutenção do HRVR/CONSAÚDE.