Laboratório Regional realiza cerca de trezentos mil exames no primeiro semestre

LABORATÓRIO

O Laboratório Regional, administrado pelo Consaúde – Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ribeira e Litoral Sul, apresentou balanço das atividades realizadas de janeiro a junho deste ano. O LR presta serviços aos municípios de Barra do Turvo, Cajati, Cananéia, Eldorado, Iguape, Ilha Comprida, Iporanga, Itariri, Jacupiranga, Juquiá, Miracatu, Pariquera-Açú, Pedro de Toledo, Registro, Sete Barras e Tapiraí.

No local são realizados exames básicos e de média complexidade de análises clínicas, como os exames da rotina do pré-natal, dos programas de controle das diabetes, dos hipertensos, das anemias, da saúde da criança e do adulto. O Laboratório realiza também os exames que dão suporte às ações da Vigilância Epidemiológica no diagnóstico e controle das doenças infecciosas como tuberculose, hanseníase, HIV/AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis, hepatites virais, meningites bacterianas, diarreias bacterianas, esquistossomose e a leishmaniose tegumentar.

O local é uma importante referência no Vale do Ribeira. São realizados ainda exames relacionados à saúde do trabalhador e aos acidentes biológicos com material perfuro cortante, os exames da Vigilância da Qualidade da água tratada do Programa Estadual “Pró-Água”, que consiste na análise microbiológica e físico-química da água tratada consumida pela população do Vale do Ribeira. O trabalho é fundamental para os mais diversos tipos de diagnósticos.

LR em números

De janeiro a junho deste ano foram realizados 273.433 exames de análises clínicas e análise em 380 amostras de água tratada. Além da realização dos exames de rotina, o Laboratório Regional coleta e recebe as amostras para envio para os laboratórios de referência como o Instituto Adolfo Lutz – São Paulo, onde são feitos exames como sorologia para dengue, contagem de CD4/CD8 e carga viral para HIV, PCR para hepatite B e C, e para o Instituto Pasteur, que realiza a sorologia par raiva.

O Laboratório Regional está dividido em setores. O setor de bioquímica, de abril a junho, realizou uma média mensal de 26.630 exames. O setor de hematologia, no mesmo período, realizou média mensal de 5.100 exames. O setor de uroanálise obteve média de 2.985 exames ao mês. O setor de parasitologia realizou média de 1.220 exames mensais no período de abril a junho. Já o setor de imunologia e hormônios, fez 13.345 exames mensais.

O Laboratório Regional participa também de outras atividades durante o ano como as campanhas estaduais da busca ativa dos casos de tuberculose e do Fique Sabendo que é a campanha de testagem de HIV e sífilis para o diagnóstico precoce destas doenças.