Reformas do PA e P. Socorro do Hospital Regional iniciam neste mês de Maio

Tornar mais eficiente a humanização junto aos pacientes e proporcionar mais rapidez no atendimento são algumas das melhorias planejadas

Primeiramente, o Hospital Regional Vale do Ribeira comunica aos seus usuários e acompanhantes que no início do mês de Maio, dia 7, estarão dando início na unidade as reformas do Pronto Socorro (PS) e Pronto Atendimento (PA). O prazo previsto para conclusão das obras é de 120 dias a partir do início. O custo das reformas será de R$ 270 mil.

Serão criadas duas recepções, uma só para o PA e PS, banheiros mais estruturados para uso dos pacientes e acompanhantes, mudança do local de triagem de pacientes, alteração das salas de medicação e inalação, melhorias prediais nas salas de espera e de observação do P.Socorro, entre outras adequações que fornecerão maior dinâmica e conforto aos usuários.

Segundo a diretora de Planejamento do CONSAÚDE, Bianca Sant’Ana, “o principal objetivo é melhorar o acolhimento do paciente que dá entrada em nossa instituição. Apesar de reformas serem processos tumultuados, buscaremos dar continuidade aos atendimentos de maneira normal e sem percalços. Mesmo assim, pedimos a compreensão da população, pois todo trabalho é em benefício do usuário do SUS.”

Com o aumento cada vez maior pela procura dos serviços do HRVR/CONSAÚDE o fluxo de pacientes vem crescendo rapidamente, o que tem ocasionado um tempo de espera maior para quem busca uma consulta na porta de entrada da unidade, que é a maior unidade hospitalar da região e com o maior número de serviços oferecidos à população do Vale do Ribeira.

Uma das razões para o grande fluxo de pacientes são os problemas encontrados nos serviços básicos da maioria das cidades da região, que tem enviado cada vez mais pacientes para a unidade ou mesmo por iniciativa dos próprios que vêm diretamente ao Hospital Regional em busca de atendimento especializado, acarretando assim uma lotação da porta de entrada. Em outros casos as unidades de saúde próximas não realizam o atendimento, que acaba também direcionado ao HRVR/CONSAÚDE.

As mudanças e benfeitorias para este setor têm como objetivo principal realizar um atendimento eficaz e humanizado no setor e estão sendo planejadas para não trazerem transtorno ao atendimento realizado diariamente.