SAMU Vale do Ribeira trabalha com sistema de gravação de ocorrências

O Serviço de Atendimento Médico às Urgências (SAMU) – Vale do Ribeira, unidade integrante do CONSAÚDE (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ribeira) implantou, desde o dia 1º de fevereiro, um sistema de gravação de chamadas em sua Central de Regulação e pré-hospitalar, em Pariquera-Açu/SP.

A novidade nada mais é do que a gravação permanente das ligações realizadas pelo serviço de urgência e emergência. A instalação do equipamento está em acordo com norma estabelecida pela portaria nº 2.048 do Ministério da Saúde que trata do atendimento na área de Urgência e Emergência.

O equipamento consiste em um software instalado em um computador que funciona como uma central, em gravação permanente, de maneira automática, sem necessitar de operador para o registro de dados.

Segundo a Diretora do SAMU Vale do Ribeira, a médica Sabrina Postarek Curi, as gravações dos atendimentos garantem maior segurança e respaldo ao profissional na hora de dúvida. “É uma importante ferramenta para a regulação médica, onde há gravação de todos os contatos e solicitações, 24 horas do dia, sete dias da semana, funciona como um controle de qualidade do serviço trazendo segurança ao médico regulador em situações mais delicadas. O equipamento disponibiliza maior segurança de quem lida com regulação médica e a todos que fazem uso dele.”

O serviço de gravação é acessado apenas por determinadas pessoas, que o utilizam somente em casos onde persistam dúvidas sobre os acontecimentos em um atendimento pré-hospitalar ou regulação.

Para a Diretora Superintendente do CONSAÚDE, Maria Cármen Amarante Botelho, a nova aparelhagem auxiliará no planejamento das ações de saúde da região, já que poderá ser usada para descobrir novas necessidades e tipos de atendimentos mais comuns regulados pelo SAMU Vale do Ribeira.

“O equipamento foi adquirido com a ajuda da Secretaria Estadual de Saúde (SES) e do Departamento Regional de Saúde, em Registro, que auxiliaram na liberação dos recursos. A instalação do serviço é importante por vários motivos, primeiro por se tratar de uma norma do setor de Urgência e Emergência e também por fornecer uma análise mais criteriosa dos tipos de atendimentos solicitados, dando assim maior respaldo aos profissionais e destacando ainda mais quais são as necessidades regionais.”