Setor de Enfermagem do HRI/CONSAÚDE realiza capacitação para assistência a recém nascidos de alto risco

Município disponibilizou 5 vagas para os profissionais do Hospital Regional de Itanhaém

Com o objetivo de realizar uma assistência de enfermagem cada vez mais adequada para as situações de alto risco em relação aos recém nascidos, integrantes do segmento de enfermagem do HRI/CONSAÚDE, encerraram, dia 11 de junho, sua capacitação na região.

Na programação do curso foram realizadas aulas teóricas e práticas, avaliação e abordados conteúdos relativos a temas como: “O cuidado ao Recém-Nascido grave – Desafios atuais; Assistência de Enfermagem ao Recém-Prematuro; Sistematização da Assistência de Enfermagem no Recém-Nascido – esta ligada a várias especialidades.”

O município de Itanhaém foi quem disponibilizou as 5 vagas ao HRI, através da Secretaria Municipal de Saúde, e foi realizado entre os meses de maio e junho. O setor de maternidade do Hospital Regional é referência na região e tem por excelência o trabalho realizado junto às mães e recém nascidos.

Devido ao grande fluxo de pacientes e com uma demanda sempre constante e crescente, a capacitação visou também aprimorar os conhecimentos dos colaboradores da enfermagem para a detecção de situações de risco na Saúde do Recém-Nascido (RN) e intervir junto a Equipe Multidisciplinar; valorizar a presença da família permitindo a participação nos cuidados ao Recém-Nascido de alto risco – preceitos trabalhados durante o curso.

De acordo com a chefe de enfermagem do HRI/CONSAÚDE, a Enfª Mariangela Gonsalez, as aulas práticas de reanimação neonatal foram realizadas no HRI, onde os profissionais de Enfermagem (Enfermeiras e Técnicas de Enfermagem) da rede de saúde da região, tiveram a oportunidade de ter contato direto com os nossos pacientes e com o ambiente hospitalar,  visualizaram as normas e rotinas da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, e in loco praticaram as atualizações técnicas apresentadas no transcorrer do curso de capacitação de atendimento e assistência ao Recém-nascido de alto risco e risco habitual, ministradas pelas Mestres de Enfermgem da Universidade Santa Cecília (Santos).

Gonsalez acrescenta: “Sem sombras de dúvidas este curso foi um ganho para todos os participantes, e será fator diferencial na qualidade dos atendimentos prestados aos nossos recém-nascidos e familiares.”

As aulas práticas foram realizadas no HRI, onde o contato com os pacientes e o dia a dia na unidade auxiliaram em muito a realização in loco das práticas então atualizadas na capacitação.