Unidade Móvel da Rede Lucy Montoro realiza atendimentos e entrega equipamentos no Vale do Ribeira

A Unidade Móvel da Rede de Reabilitação Lucy Montoro, da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, realizou, entre os dias 8 e 9 de abril, 79 atendimentos e entregou 91 equipamentos para os pacientes do Vale do Ribeira. Na ocasião, foram agendados moradores de diversas cidade da região: 33 de Registro, 2 de B. do Turvo, 5 de Eldorado, 2 de Itariri, 5 de Miracatu, 4 de Juquiá, 3 de Jacupiranga, 12 de Pariquera-Açu, 2 de Ilha Comprida, 4 de Iguape, 2 de Cananéia e 5 de Cajati.

Entre os itens fornecidos pela Rede estão: muletas, palmilhas, cadeiras de roda, cadeiras de banho, andadores, calçados especiais, órteses de membros superiores e inferiores. Foram prescritos 165 equipamentos, sendo que maioria dos pacientes receberá mais de um item para suas diversas necessidades.

O atendimento foi realizado junto as instalações do Hospital Regional Vale do Ribeira (HRVR/CONSAÚDE), por uma equipe multidisciplinar da própria Rede Lucy Montoro composta por 27 profissionais, constituída por fisioterapeutas, médicos fisiatras, terapeutas ocupacionais, enfermeiros e técnicos de órtese e prótese. A iniciativa faz parte de uma estratégia de esclarecimento e serve como uma prévia do trabalho que será realizado pela rede de reabilitação na região – um prédio da rede Lucy Montoro está em construção junto ao AME Vale do Ribeira.

A segunda etapa do atendimento da unidade móvel será nos dias 28 e 29 de abril, e consistirá na prova dos equipamentos, órteses e próteses, que serão trazidos de São Paulo para os pacientes que fizeram os moldes nesta primeira parte do tratamento.

O objetivo da Unidade é atender as demandas mais urgentes de fornecimento de órteses, próteses, cadeiras de rodas e meios auxiliares de locomoção em todo o Estado. Além de elevador hidráulico para atender cadeirantes ou pessoas em maca, a Unidade Móvel da Rede Lucy Montoro dispõe de banheiro adaptado, um consultório médico, sala de espera e oficina de órteses e próteses, composta por salas de prova, de máquinas e de gesso.Soma-se a isso, um scanner em 3D para fabricação de órteses e próteses sob medida para os pacientes.

O governador Geraldo Alckimin, acompanhado do presidente do CONSAÚDE, Emílson Couras da Silva, da Diretora Superintendente do Consórcio, Maria Cármen Amarante Botelho, prefeitos e vereadores visitou as instalações da unidade móvel.

Como ter acesso ao serviço

Para se inscrever neste serviço, as pessoas que possuem necessidades especiais devem ser encaminhadas pela unidade de saúde de seu município para o medico fisiatra do Complexo Ambulatorial Regional (CAR/CONSAÚDE), localizado em Registro/SP. Este realizará o exame e prescreverá a órtese ou prótese, se necessário, que após, encaminhará o paciente para a Terapeuta Ocupacional e serviço psicológico. Desta forma, no processo de aquisição de uma prótese, o paciente deve passar por uma avaliação clínica e psicológica, quando então terá o pedido enviado para o Departamento Regional de Saúde, no caso, DRS-XII de Registro, para proceder com a aquisição do equipamento.