Unidades do CONSAÚDE buscam cada vez mais humanizar atendimento e fornecer bons serviços ao paciente

O Hospital Regional Vale do Ribeira (HRVR/CONSAÚDE), principal equipamento de saúde da região e referência no atendimento em casos de urgência e complexidade no Vale Ribeira, também é destaque pela humanização no atendimento.

A unidade mantém vários serviços de atendimento ao usuário, como o “Leia Comigo”, que fornece revistas e livros para pessoas internadas e acompanhantes, além do “Conte Comigo”, em que profissionais qualificados ouvem e anotam sugestões e críticas para encaminhar ao governo do Estado, e a “Brinquedoteca”, que fornece recreação e ludismo para as crianças internadas. Esses profissionais também atendem quem passa diariamente pelo pronto atendimento.

O CONSAÚDE também implantou, no ano passado, a Ouvidoria, que atende sugestões, elogios, denúncias e reclamações pelo telefone gratuito 0800-7709692. A busca de humanização envolve todos os hospitais gerenciados pelo CONSAÚDE. O Hospital Regional de Itanhaém (HRI), por exemplo, já implantou o parto humanizado, que se tornou referência e tem sido visitado por outras unidades interessadas em conhecer o método. Já a Casa da Gestante, em Pariquera-Açu, garante às grávidas que moram distantes aguardar o momento do parto nas imediações do HRVR/CONSAÚDE.

A humanização é um processo contínuo, envolve todos os setores e é uma das metas do Sistema Único de Saúde (SUS). Para consolidá-lo, o CONSAÚDE tem investido em cursos em todas as áreas. Recentemente, o pessoal da recepção do HRVR passou por um desses treinamentos. Na oportunidade, o diretor técnico, Roberto Tavares Vilanova, ressaltou que todos os profissionais devem prezar por oferecer um ambiente adequado aos pacientes. “Todos os funcionários de nossa instituição devem prezar sempre pelos nossos usuários, além de almejarmos um bom ambiente de trabalho para o desempenho de nossas funções técnicas e administrativas. Quando recebemos um paciente, devemos encaminhá-lo para alguém. Dar um retorno adequado a este usuário e nos tornarmos cada vez mais acolhedores”, observa Vilanova.

O CONSAÚDE, que assumiu o gerenciamento do Hospital Dr. Adhemar de Barros, em Apiaí, em julho de 2010, está promovendo mudanças significativas no atendimento aos pacientes do Alto Vale. Uma das grandes mudanças, em vigência desde 10 de janeiro, é a ampliação no horário das visitas, onde famílias, amigos e pessoas do convívio íntimo do paciente já podem ficar mais tempo na companhia dos seus. Em breve a unidade terá um plantão de informações por telefone que disponibilizará dados sintéticos sobre pacientes internados. Também haverá protocolo para as visitas religiosas.

Segundo o diretor executivo da unidade, Eudes Nicássio, o CONSAÚDE buscou compreender a dinâmica da região e o aumento da demanda, adequando as ações de acordo com as necessidades locais de uma região onde boa parte dos moradores vivem na zona rural.
A superintendente do CONSAÚDE, Maria Cármen Amarante Botelho, considera importantes as ações de humanização. “Mesmo com todo o estresse, pressão e problemas típicos na área da saúde, sempre tem alguém que precisa muito de ajuda. Por isso, é importante que os profissionais estejam preparados para ajudar os usuários da melhor maneira possível”, afirma ela.

Há uma década, o CONSAÚDE oferece um número significativo de especialidades médicas e serviços 24 horas, tais como: Pronto Atendimento e Pronto Socorro, Cirurgia Geral, Ortopedia/Traumatologia, Urologia e Cirurgia Urológica, Cirurgia Vascular, Neurologia, Neurocirurgia, UTI Adulto e Neonatal, Ginecologia e Obstetrícia, Oncologia, Pediatria, Anestesiologia, Nefrologia, Cardiologia, além do serviço pré-hospitalar do SAMU Vale do Ribeira nas estradas estaduais.

AME VALE DO RIBEIRA – Atualmente, o CONSAÚDE é responsável pela construção, em Pariquera-Açu, do Ambulatório Médico de Especialidades e Rede Lucy Montoro que oferecerá serviços em 23 especialidades diferentes e atenderá toda a região. Além disso, em breve o CONSAÚDE abrirá concurso para preenchimento de várias especialidades médicas, entre outros serviços.

Podemos destacar também, que o CONSAÚDE, na necessidade de implantar o parto humanizado HRVR, como é o caso de sua unidade no litoral Sul o Hospital Regioanal de Itanhaém (HRI), e buscando preservar a privacidade do paciente e a liberação da entrada de um acompanhante no pré-parto fazem parte do programa do parto humanizado. Foram instaladas cortinas divisórias em PVC para garantir maior privacidade aos pacientes dos leitos do pré-parto do Centro Obstétrico e no Centro Cirurgico, para os pacientes do pós-operatório.

O conceito de “humanização” no atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) é há muito tempo discutido e trabalhado em instituições de saúde, seu objetivo: agregar valores, comportamento, conceitos e práticas de um reposicionamento mais humano por parte de seus profissionais, ou seja, ter mais sensibilidade e . Essa postura está obrigando o SUS a investir em treinamento de todos os seus colaboradores, o que ocorre há muito tempo nas
unidades do CONSAÚDE.

No HRVR/CONSAÚDE, dia 26 de janeiro, por exemplo, aproximadamente 20 funcionários da recepção e portaria participaram de reunião organizada pela Ouvidoria e Diretoria Técnica do HRVR, para trocar experiências, debater sobre o atendimento ao público e assistir vídeos sobre marketing de relacionamento. O objetivo da reunião foi chamar atenção dos profissionais sobre seu dever humano, realizar um serviço cada vez mais eficiente e diferenciado na região.

Já em Apiaí, o hospital Dr. Adhemar de Barros, gerenciado pelo Consórcio desde julho de 2010, está promovendo mudanças significativas no atendimento aos pacientes do Alto Vale. Uma das grandes novidades, em vigência desde 10 de janeiro, é o aumento no horário das visitas, onde famílias, amigos e pessoas do convívio íntimo do paciente já podem ficar mais tempo na companhia dos seus. Em breve a unidade terá um plantão de informações via telefone que disponibilizará dados sintéticos sobre pacientes que estiverem internados e a criação de um protocolo para as visitas religiosas.

Segundo o diretor executivo a unidade, Eudes Nicássio, o CONSAÚDE buscou compreender a dinâmica da região e o aumento da demanda. “A questão de uma maior humanização, pretende adequar os serviços do Consórcio de saúde às características locais. Como no caso do Alto Vale, muitos dos moradores moram longe das unidades de saúde ou então, na zona rural, e tem de percorrer grandes distâncias. Além disso, com o incremento dos serviços, a demanda tem aumentado constantemente.”