CAR é referência no atendimento a pacientes com HIV/AIDS no Vale do Ribeira

20160728_153252

O CAR – Complexo Ambulatorial Regional, administrado pelo CONSAÚDE – Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ribeira e Litoral Sul, é uma referência no atendimento especializado aos portadores de HIV/AIDS no Vale do Ribeira. No Complexo, localizado em Registro, são prestadas ações de assistência, prevenção e tratamento às pessoas vivendo com HIV ou AIDS, entre outras doenças infectocontagiosas, priorizando a humanização.

O serviço de infectologia do CAR é o único disponível em todo o Vale do Ribeira. São atendidos cerca de 400 pacientes portadores de HIV/AIDS, todos em tratamento com os conhecidos coquetéis antirretrovirais. Também são atendidos alguns casos de tuberculose, hanseníase, hepatites virais, leishmaniose e infecções crônicas. Mas é o atendimento aos portadores de HIV/AIDS que impressiona, pelo cuidado e dedicação dos profissionais.

O objetivo do CAR é prestar um atendimento integral e de qualidade aos usuários, por meio de uma equipe multidisciplinar. Algumas de suas atividades principais são: cuidados de enfermagem; orientação e apoio psicológico; atendimentos em infectologia, controle e distribuição de antirretrovirais; orientações farmacêuticas, realização de exames de monitoramento; distribuição de preservativos, entre outras.

De acordo com a infectologista Dra. Sandramara Cardozo Allonso, o atendimento no CAR aos portadores de HIV/AIDS se destaca por buscar a integridade emocional do paciente já na antessala da infectologia. “Aqui os pacientes ganham um nome social, ou seja, se assim desejarem, não são chamados pelo nome de batismo. Isso faz com que eles se sintam mais seguros, já que chegam aqui muito sensibilizados com o diagnóstico”, conta a médica.

No auge da epidemia, entre as décadas de 1980 e 1990, a AIDS tornou-se símbolo de morte, relacionado à opção sexual. A mitificação do vírus, as constantes mutações e obstáculos enfrentados na busca da cura completa ainda hoje fazem com que muitas pessoas sejam diagnosticadas quando o sistema imunológico já esteja debilitado. Atualmente, com as várias combinações de medicamentos, é possível que os pacientes tenham uma expectativa de vida normal.

O alerta da infectologista do CAR fica em torno da prevenção e do diagnóstico. “Os números de HIV/AIDS aumentam dia a dia. É fundamental que as pessoas se previnam, usando preservativos. Além disso, o diagnóstico precoce está entre as principais estratégias para a redução da mortalidade e morbidade à AIDS. Quando antes o vírus for detectado, mais cedo inicia-se o tratamento e melhora-se a qualidade de vida. Aqui no CAR, vencemos os medos e a insegurança dos pacientes para que todos tenham mais saúde e possam levar uma vida normal”, afirma. O CAR oferece, além das consultas com a infectologista, exames periódicos necessários e a terapia com os antirretrovirais, tudo gratuito.

O CAR localiza-se na avenida Clara Gianotti de Souza, 823, em Registro, e funciona das 7 h às 17 h, de segunda a sexta-feira.

 

20160728_153435 20160728_151729