CONSAÚDE recebe autoridades e discute panorama da febre amarela na região

O auditório do CONSAÚDE em Pariquera-Açu foi palco de importante reunião com o tema “Febre Amarela” nesta segunda-feira (21). Participaram do evento, técnicos da Secretaria de Estado da Saúde (SES/SP), do DRS XII de Registro (Departamento Regional de Saúde) e autoridades dos municípios da região. Na pauta, o transporte de pacientes, a cobertura vacinal na região e a importância da vacina como forma de prevenção.

O Hospital Regional Dr. Leopoldo Bevilacqua (HRLB), administrado pelo CONSAÚDE, é a referência para recebimento de casos com suspeita de febre amarela da região. A unidade agiliza os resultados dos exames de pacientes. Após a coleta do material, o HRLB o envia imediatamente ao Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, onde é feita a pesquisa que determina o gene do vírus (exame denominado PCR). O resultado sai em apenas dois dias, auxiliando no diagnóstico preciso e rápido.

O HRLB também atua no encaminhamento dos casos para as referências estaduais, quando necessário. Em caso de necessidade de transferência para São Paulo, o CONSAÚDE oferece o transporte em ambulâncias, inclusive em UTI Móvel.

O diretor-superintendente do CONSAÚDE José Antonio Antosczezem destacou o papel do Consórcio em parceria com SES/SP e DRS XII no tratamento dos pacientes. “O HRLB (Hospital Regional Dr. Leopoldo Bevilacqua) está preparado para atender casos suspeitos de febre amarela e para a remoção de pacientes que necessitem de transporte inter-hospitalar”, afirma Antosczezem.

Durante a reunião as autoridades demonstraram preocupação com relação à cobertura vacinal, que atingiu apenas 66% da população do Vale do Ribeira. Segundo Dr. Nelson Yatsuda, Assistente Técnico de Planejamento de Ações de Saúde III, da Coordenadoria de Regiões de Saúde da SES/SP, “a Secretaria, por meio do DRS XII, em parceria com as Prefeituras, quer intensificar as ações de vacinação na região, especialmente em regiões rurais, para alcançar pessoas ainda não imunizadas”, reforça ao comentar a importância de todos vacinarem-se.

O diretor-técnico do HRLB, Dr. Márcio Bazzo, explica que a vacina é fundamental para impedir o avanço do número de casos. “Pedimos a toda a população ainda não vacinada, que tome a vacina. Ela apresenta eficácia acima de 95% a 99%, sendo reconhecidamente eficaz e segura. Basta ir até a unidade de saúde mais próxima de casa”, alerta o diretor técnico do HRLB Dr. Márcio Bazzo.

Unite Gallery Error: No gallery items found