Diretor-superintendente do CONSAÚDE fala sobre Hospital Regional de Itanhaém

20160810_163954

O Hospital Regional Jorge Rossmann, localizado em Itanhaém, é uma Unidade de Urgência e Emergência Referenciada. O Hospital é integrado às ações do Departamento Regional de Saúde – IV na região da Baixada Santista ligado à Coordenadoria de Serviços de Saúde da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo.

O HRJR fica localizado entre a cidade de Santos e a Região do Vale do Ribeira, abrangendo a população dos municípios de Mongaguá, Itanhaém, Peruíbe, Itariri e Pedro de Toledo. O atendimento é feito exclusivamente para pacientes SUS. A

maternidade é referência regional para Mongaguá, Peruíbe, Itariri e Pedro de Toledo, atendendo inclusive o alto risco.

O diretor-superintendente do CONSAÚDE, José Antonio Antosczezem, cita a importância da unidade para toda a região. “O objetivo do Hospital Regional Jorge Rossmann é promover a atenção integral à saúde, oferecendo serviço de qualidade à população da microrregião do Litoral Sul, com atendimento humanizado e multiprofissional, integrado ao SUS. O compromisso é com a saúde de quem mais necessita. Com o novo prédio, que deve ser entregue em breve, teremos um aporte para o atendimento em saúde”, completa.

Em 2007, o Hospital, então vinculado diretamente à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, passou a ser gerenciado pelo CONSAÚDE, por meio de assinatura de convênio. O Hospital possui 25 leitos de internação cirúrgica, sendo 13 para cirurgia geral e 12 para ortopedia e traumatologia. 10 leitos de clínica geral; 26 leitos de alojamento conjunto; 9 de patologia obstétrica,4 leitos de observação obstétrica, 3 leitos ppp – pré parto, parto e puerpério imediato e 6 leitos de internação pediátrica.

Além disso, a unidade oferece retaguarda de 8 leitos de uti geral e 10 leitos de uti neonatal. O HRJR dispõe de um centro cirúrgico com 4 salas cirúrgicas, sala de recuperação pós anestésica com 5 leitos, ambiente para parto, denominado centro de parto normal, com leitos de observação. As cirurgias ambulatoriais são programadas, ou seja, são referendadas por meio de regulação médica.

No Hospital são realizados procedimentos cirúrgicos eletivos e de urgência, e ações assistenciais de caráter hospitalar nas áreas de Clínica Médica, Ginecologia, Obstetrícia, Cirurgia Geral, Ortopedia/Traumatologia, Pediatria, Terapia Intensiva

Adulta e Neonatal. Segundo explica o diretor-superintendente José Antonio, “os encaminhamentos são realizados por meio da central de regulação de vagas de urgência e emergência, por meio do Sistema CROSS. A demanda regional é atendida via central de regulação”.

Atualmente, cerca de 410 profissionais trabalham no HRJR. A equipe médica é multidisciplinar. A equipe de enfermagem tem papel fundamental na assistência aos pacientes, oferecendo cuidado de forma humanizada e competente. “Com atendimento humanizado, o HRJR representa para a população do Litoral Sul, a garantia do acesso à saúde e ao tratamento médico”, finaliza Antosczezem.