HRLB/CONSAÚDE e Roche realizam campanha de combate à Hepatite C

Projeto “Procura-C’ será realizado a partir do dia 6 de maio e objetiva trazer maior informação e a possibilidade de fazer o teste gratuito com o devido suporte de médicos da instituição

A ideia do projeto é possibilitar a conscientização da sociedade em relação à Hepatite crônica C (HCV), e tem como foco promover o diagnóstico precoce, crucial para o sucesso da terapia de combate a este vírus, já que o mesmo pode permanecer por mais de 20 anos no organismo sem se manifestar.

No sentido de conscientizar a população e diagnosticar portadores da doença, o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ribeira, através dos ambulatórios do Hospital Regional Dr. Leopoldo Bevilacqua (HRLB) estará realizando campanha, a partir do dia 6 de maio, até o final do mês, em Pariquera-Açu. O público-alvo da campanha inclui usuários e freqüentadores dos ambulatórios, além de estar aberto para toda a população.

A campanha contará com o apoio da Roche Brasil, e se destina a pessoas com idade de30 a69 anos. Na oportunidade será fornecido um laudo com o resultado do exame, que fica pronto em apenas vinte minutos, sendo que as pessoas com teste positivo serão imediatamente agendadas no Ambulatório de Hepatites do HRLB/CONSAUDE para informações complementares, orientações e se necessário, testes confirmatórios, acompanhamento e tratamento junto à equipe médica.

Hepatite C no Brasil

De acordo com o Ministério da Saúde aproximadamente três milhões de pessoas no Brasil tem Hepatite C, e são registrados cerca de 10 mil novos casos por ano e cerca de 2 mil mortes em conseqüência da doença no mesmo período.

A principal forma de transmissão da Hepatite C se dá por meio de contato com sangue, como compartilhamento de alicates de unha, lâminas de barbear, agulhas, seringas, equipamentos para tatuagens, uso de drogas e transfusão de sangue antes de 1993. Infelizmente, a maioria desconhece a doença, uma vez que seus sintomas surgem, em média, 20 anos após o contágio. Além disso, ela é responsável por complicações como Cirrose, Câncer e necessidade de Transplante de Fígado.

Números alarmantes demonstram o cenário de infecção pelo vírus da hepatite C no mundo: cerca de 90% dos infectados só descobrem a condição em estágio muito avançado da doença. No Brasil, a situação não é diferente, pois estimativas mostram que há aproximadamente três milhões de pessoas infectadas. Além disso, a doença representa a principal causa de transplantes de fígado no País. Mundialmente, mais de 500 milhões de pessoas estão infectadas com os vírus das hepatites B ou C.

Lembrete

LOCAL: Ambulatórios Hospital Regional Dr. Leopoldo Bevilacqua, Pariquera-Açu/SP
DATA DA CAMPANHA: De segunda a sexta-feira, das 7 às 14 horas

– Início: 6 de maio
– Término: 31 de maio

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA: Nenhuma
PÚBLICO – ALVO: Toda a população do Vale do Ribeira e usuários do HRLB