Autoridades visitam obras de ampliação do Hospital Regional Jorge Rossman

12138371_824777667640469_2767006330735883164_o

O diretor do Departamento Regional de Saúde (DRS-IV – Baixada Santista), Cezar Kabbach Prigenzi, esteve em Itanhaém nesta quinta-feira, 15, para visitar o andamento das obras do Hospital Regional Jorge Rossmann. Ele foi recebido pelo presidente do Consaúde – Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ribeira e Litoral Sul e prefeito de Itanhaém Marco Aurélio Gomes, pelo diretor superintendente do Consórcio José Antonio Antosczezem, pelo secretário de saúde do município, Dr. Alder Ferreira Valadão, pelo diretor do HRJR Dr. João Henrique, além de engenheiros e técnicos responsáveis pela obra.

Durante o encontro, foram apresentadas à comitiva as etapas da obra que já estão 70% concluídas. No primeiro pavimento está previsto a implantação das unidades de terapia intensiva (UTI) adulto e infantil, no segundo pavimento ficará a área de controle de materiais, enquanto que entre o terceiro e sétimo pavimento ficarão as salas de enfermaria e de internação. No telhado está o heliponto concretado no padrão exigido pelo Governo do Estado.

Concluída esta etapa, o Governo do Estado iniciará a reforma do prédio antigo, que abrigará toda a maternidade do complexo. Durante essa fase da obra, toda a maternidade funcionará no prédio novo.

 

Para o presidente do Consaúde Marco Aurélio Gomes o novo hospital será referência na qualidade de atendimento e especialidades. “É uma obra de investimento do Estado que vai garantir excelência na qualidade da saúde pública de Itanhaém”.

 

Kabbach também falou da importância da obra na Cidade. “Com o novo hospital, o município terá um local de referência para encaminhar os pacientes que será uma excelência no atendimento à saúde. A população sempre almejou isso. Aqui também serão recebidos pacientes de outras cidades como Peruíbe, Mongaguá, Itariri e Pedro de Toledo”.

 

O novo Hospital Regional aumentará em 155% sua capacidade de atendimento em relação a atual estrutura, chegando a 240 leitos, dos quais 60 estarão sob cuidados intensivos (20 leitos de UTI Neonatal, 10 leitos de UTI Infantil, 20 leitos de UTI Adulto e 10 de Unidade Semi-Intensiva). A estrutura antiga será totalmente reformada e modernizada pelo Governo do Estado.

predio-hospital-regional-destaque